Comentarios de Usuarios Links de Interes Contacte a MM Siga-nos no Twitter Siga-nos no Facebook Version en Español

Tipos de Manutenção

Definição de Manutenção: Garantir que todo ativo continue desempenhando as funções desejadas.

Objetivo da Manutenção: Garantir a competitividade da empresa, baseado em:
 Garantia da disponibilidade e confiabilidade planejadas da função desejada,
 Atendimento de todos os requisitos do sistema de qualidade da empresa,
 Observância a todas as normas de segurança e ambientais; e
 Maximização do lucro global.
 Confiabilidade é a probabilidade de operar sem falhas durante um determinado período, em condições de operação específicas.
 Manutenibilidade é a probabilidade de poder executar uma determinada operação de manutenção no prazo de reparo previamente estabelecido e nas condições planejadas.
 Suportabilidade é a probabilidade de poder atender um determinado pedido de manutenção dentro do prazo de espera estabelecido previamente e nas condições planejadas.

RCM2 – Reliability-Centered Maintenance

(Manutenção Focada na Credibilidade) © 1991 Aladon Ltd.

É um procedimento sistemático e estruturado para determinar os requisitos de manutenção dos ativos em seu ambiente de operação.
Esta metodologia foi desenvolvida por John Moubray, da Aladon Ltd. e não atende somente a norma SAE JA 1011, referente à certificação de processos RCM, mas é uma das três referências de tal norma.
Consiste em analisar as funções dos ativos, ver quais são suas possíveis falhas, depois perguntar pelas formas ou motivos das falhas, estudar seus efeitos e analisar suas consequências.
A partir da avaliação das consequências é que são definidas as estratégias mais adequadas ao contexto operacional, com a exigência de que estas sejam não apenas factíveis tecnicamente, mas viáveis do ponto de vista econômico.

As consequências no RCM2 são classificadas em quatro categorias:
 Falhas ocultas
 Segurança e meio ambiente
 Operacionais
 Não operacionais

As estratégias previstas são:
 Preditiva
 Preventiva
 Detectiva
 Corretiva
 Melhorativa

Manutenção Preditiva ou Baseada na Condição consiste em inspecionar os equipamentos em intervalos regulares e atuar para prevenir as falhas ou evitar as consequências destas, de acordo com a condição.
Inclui tanto as inspeções objetivas (com instrumentos) e subjetivas (com os sentidos), quanto o conserto do defeito (falha em potencial)
Manutenção Preventiva ou Baseada no Tempo consiste em recondicionar ou substituir em intervalos regulares um equipamento ou seus componentes, independentemente do seu estado nesse momento.
Manutenção Detectiva ou Procura de Falhas consiste na inspeção das funções ocultas, em intervalos regulares, para ver se ocorreu alguma falha e recondicioná-las em caso positivo (falha funcional).
Manutenção Corretiva ou Para a Ruptura consiste no recondicionamento ou substituição de partes de um equipamento quando apresentam uma falha, é o conserto da falha (falha funcional); é realizado de forma urgente ou emergencial.
Manutenção Melhorativa ou Reprojetos consiste na modificação ou mudança das condições originais do equipamento ou instalação.

Não é tarefa de manutenção propriamente dita, ainda que realizada pela manutenção.